Toscana 2:Rota do vinho

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

A primavera na Toscana vai colorindo toda a paisagem. Vilarejos, cidades, tudo vai ficando florido e pencas de flores azuis cobrindo os muros de pedras me surpreendem. São as flores de alecrim, ou rosmarino, tomando conta da paisagem.

O alecrim é originário da Costa do Mar Mediterrâneo. É também conhecido pelo nome de "Rosmarinus" que lembra a denominação latina "ros marinus" - "rosa do mar".

Para os romanos esta planta simbolizava o amor e a morte e por isto era plantada próximo à soleira das portas das casas. A igreja católica também o usava nos seus rituais, queimando-o como incenso.

Até hoje diz-se que o alecrim é um excelente amuleto contra o "mal olhado".

Na culinária Toscana é muito utilizado para aromatizar vinagres e óleos. Eu fiquei muito encantada com as pencas de flores que parecem florescer sem se importar com nada.

 

Bem, estando na Toscana impossível não tomar bons vinhos. Mesmo eu que bebo pouco vinho tinto me rendi a tentação. O clima que ainda estava frio favoreceu, e a soma da paisagem bucólica mais uma ótima companhia  contribuiu para o ritual diário de esvaziar pelo menos uma garrafa de um bom vinho regional.  Adorei principalmente terminar as refeições com o que eles chamam de Vinho Santo: voce pega um “cantuccini” e molha no vinho santo….voltarei ao cantuccini, pois este foi um pecado muito praticado por mim.

Saindo cedinho de Casole D' Elsa, que fica entre Siena e Firenze , a primeira parada foi em  San Giminignano. Tão logo voce ultrapassa o portal de pedra já viaja para o passado. A alameda de entrada é recheada de lojinhas e para chegar á praça principal uns 600mts acima, eu demorei umas duas horas. Era impossível não entrar em toda portinha recheada de comidinhas ou coisinhas deliciosas de comprar. A partir daí  comecei a me sentir veramente italiana, lembrando o tempo todo do meu saudoso pai.

Continuando pela Estrada A1,  a próxima parada foi em  Radda in Chianti.  Lá inserido no coração do Chianti Classico está o Castelo D’Albola. Voce deve agendar a visita antes, que inclui um passeio pelas vinhas e depois a degustação dos principais rótulos fabricados lá . O castelo é habitado pela família, mas tive a sorte de minha anfitriã na Toscana ser amiga do enólogo  do Castelo, então pudemos almoçar e degustar o vinho na ala privada. Na adega além da degustação dos vinhos, o pão italiano não falta, acompanhado dos azeites que a vinicola tambem fabrica. O problema em se visitar vinicolas é passar o dia todo  meio altinha, então recorrer ao pão com azeite se faz necessário.

Na mesma rota destino obrigatório é o Castelo Di Brolio in Chianti. Construido no seculo XI, a propriedade dominha a colina Sul do Chianti, e fez historia porque seu Barão Bettino Ricasoli, era um aficcionado por química e um perfeccionista, sendo o primeiro produtor do vinho Chianti.

O programa inclui uma visita dirigida ao pequeno museu, e depois a desgutação na Enoteca, que é bem moderna.  Reserve um bom espaço na sua bagagem pois com certeza voce não sairá de lá sem algumas garrafas de Chianti Classico Reserva.

Para terminar o dia com chave de ouro, marque seu jantar na Osteria Del Catello. O restaurante fica em meio a um bosque e a comida é divina. Me acabei nas sobremesas, claro!

Um lembrete: a alta estação na Toscana vai de Março a Outubro, sendo que junho e julho a temperatura é bastante alta.As visitas ás vinicolas devem ser agendadas.

Seguindo por esta mesma rota estão os fabricantes do famoso Sassicaia, Ornellaia e Montalcino, com seu famoso Brunello.

O vinho Sassicaia foi o primeiro vinho italiano envelhecido em barricas, bem como foi o grande carbenet do país a receber uma nota 100 de Robert Parker.

O Brunello di Montalcino pode ser considerado, junto com os Barolos, o vinho tinto italiano dotado de maior longevidade além de ser o primeiro vinho italiano a receber a certificação DOCG. (Denominação de origem controlada e garantida)

Já o Ornellaia tem como sua grande embaixadora a uva cabernet sauvignon.

Sassicaia e Ornellaia não estão abertas a visitação. Em Montalcino você pode agendar uma visita no Castelo Banfi.

Com este friozinho que esta fazendo em São Carlos, estou pensando em organizar uma confraria de Lobas para apreciar vinhos especiais , topam Lobas?

 

 Castello A’Albola

Via Pian d’Albola, 31 Radda in Chianti

www.albola.it

 Castello Di Brollio

Barone Ricasoli 53013 Gaiole in Chiant

www.ricasoli.it

 Castello Banfi

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  

 L’Osteria Del Castello

http://www.losteria.com

 

 alt

Pasta, salame, tartufo....delicias irresistiveis!

alt

alt

Dolce...dolce....!!!!

 

alt

San Gimignano..debaixo de chuva!

alt

 Vinho Santo, Baroni Ricasoli....beber rezando...ersrs!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

comentários (3)add comment

Lucas comentou:

Chiant, Brunello, amiga voce é do CCT, só falando assim!

21/05/2012

Lucia comentou:

Seu roteiro é muito interessante. Vou segui-lo em agosto com certeza.
Sempre antenada com tudo!
Muito bom.
21/05/2012

Sandra comentou:

Fátima, escrevi para a Vâ não deixar de ler esse post e aproveitar as suas dicas.Muito boas e úteis!
bjs
23/05/2012

Escreva seu comentário
menor | maior

busy

Os mais lidos

  • Mulheres impactantes
    Final de semana passado fui a São Paulo e assisti o espetáculo Evita. Na volta parei para um ca...
  • Viciada em lingerie
    Sou viciada em lingerie. Escolher a lingerie, faz tão parte de meu dia como faz parte tomar t...
  • Top 10 Portugal
       Top 10 Portugal Como prometido um resumo dos lugares mais bacanas da minha passagem ...
  • Avental sujo de ovo
    Quando penso em minha mãe, me vem a letra da música, que as freiras do Colégio São José onde...
  • Á margem de nós
    Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e ...
  • Unhas, desisto, ser loira não desisto nunca!
    Voces lembram que eu coloquei unhas postiças? Pois é, fiquei exatamente uma semana com elas. ...
  • Look da balada
    O friozinho deu uma trégua, e a noite de ontém na Fatto, casa bárbara, idealizada com esmero p...

Últimos comentários

Você está aqui: Andanças Toscana 2:Rota do vinho