Então, foi assim...

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Em Dezembro do ano passado, escrevi um post intilulado "Odeio o Natal",  e ainda decretei que meu Dezembro teria apenas 20 dias, pois assim poderia pular as datas festivas, já que odiar é odiar...então para que estender Dezembro?

Mas, o ano começou, veio um denso inverno, depois um outono dourado e uma primavera florida, que nem em sonhos desejei tão perfeita! Lógico que entremeados de muita tempestade também, e sem nenhuma ordem de acordo com o giro do planeta, seguindo apenas meu estado de espirito!

E então, foi assim... que relendo o Lobas, pude perceber a magia do tempo, e de como é fácil mudar, rever conceitos, experimentar cores novas e poder fazer diferente, se te der na veneta e claro se voce tiver uma certa dose de coragem e não der muita bola pra "sua torcida".

Minha amiga e escritora Gisele Carvalho foi quem me deu esta chance, de escrever novamente sobre o Natal, e rever certos conceitos, assim como fizeram outros queridos(as) que estiveram comigo durante o ano aqui no Lobas. Ela escreveu:

"Meus dezembros já tiveram 20 dias..mas com a inesperada chegada do Pedro, que veio na virada dos 40,voltei a arrumar a casa para o Papai Noel; ele toca o sininho, deixa os presentes e voaaaaaa...sentimentos lindos, a tanto adormecidos.Indescritível. ...Fá..minha auto estima está florida, com lindas tranças, e enfeita todo o meu pequeno reino, agora, aos 47!"

Com esta "lição" que dispensa comentários, vasculhei as outras, nas entrelinhas dos posts, dos comentários ao longo do ano, e foi perfeito, pois não odeio mais o Natal nem tampouco tenho uma lista de resoluções para o Ano Novo e isto é maravilhoso, já que estas, que insistimos em fazer, sabemos  de antemão que não vamos cumprir. Em contrapartida surgiu uma nova lista, fantastica, pois é a lista do que realizei/aprendi/....e assim posso realmente encerrar um Ano, e começar outro novinho. Mas que fique claro, esta é só a Minha lista.

Primeiro, e super importante, minha árvore de Natal está linda, e não comprei um único enfeite novo para ela. Fiz sem resmungar. E com a árvore vem a ceia de Natal que não é e nunca mais será como na época do meu pai, mas a saudade é boa então não existe mais motivos para ficarmos o tempo todo relembrando de como era. Assim como tambem não tem uma montanha de presentes embaixo dela. A unica exigencia para esta Noite é que quem chegar tem que estar de peito aberto; é obrigatorio que o rancor fique em casa trancado, assim como o passado, que está guardado em caixinha de ouro, mas é passado.

As outras coisas estão em desordem, mas minha percepção é mais ou menos assim...

que quando voce estiver feliz, terá ao seu lado apenas alguns amigos, pois o sucesso incomoda as pessoas; mas se voce estiver infeliz, todos os seus amigos estarão bem.. bem pertinho... para conferir tudinho.

que não importa qual o peso que a balança mostra: só estamos felizes com menos 2kg.

que estilo não se compra, se aprende olhando no proprio espelho e gostando do que vê, e a palavra chique, bem...esta deveria ser revista diaria e incansavelmente, tamanho o equivoco em torno dela.

que viajar depende apenas da imaginação, o nosso quintal oferece inúmeras possibilidades; se voce planta uma muda de tulipas ouvindo sua musica predileta, poderá ter mais prazer do que desembarcar em Amsterdã de mau humor. Se voce não esta bem, nenhum lugar do mundo te fará ficar bem.

que a galinha do vizinho não é tão gostosa assim;

que olho gordo pode sim te deixar de cama;

que um sorriso abre portas e corações, e generosidade não saiu de moda.

que não é pecado desistir daquela pessoa que te aporrinha, mesmo amando de paixão, porque amizade é uma via de mão dupla.

que voce pode passar o Revellion com o mesmo vestido de 3 anos atrás, se voce ama o tal.

que voce fica linda quando passa um hidrantante caresimo antes de dormir, porque voce merece, e principalmente porque ninguem precisa saber disto.

que voce pode (eu) posso voltar a amar o Natal, porque mudar de atitude é legal.

Simples?

Então.... foi assim...

alt

 

 Foto by fatima coli

 

comentários (10)add comment

Lucas comentou:

Bem, o que dizer: profundo, verdadeiro e belo, ingredientes que voce consegue sempre!
Feliz Natal!
19/12/2011

Cintia comentou:

Fatima querida, caminhos diversos, mudanças de rumo, Ano Novo, como vc diz sempre, mudar é uma delicia.
Sou da turma do odeio o natal, mas talvez seja sensato deixar o passado na caixa dourada rsrsr
amei
beijo
19/12/2011

telma comentou:

LINDO!
Também já passei por Natais melancólicos e Deus seguiu insistentemente me presenteando, a cada ano com motivos mais preciosos para ser plena e feliz. Esse ano com minha netinha, hoje com 12 dias!
Quando vejo crianças pedindo cesta básica de presente de Papai Noel e você recolhendo fraldas para velhinhos que sequer controlam suas necessidades básicas e dependem dessas doações, todo o resto fica muito pequeno.
Sem dúvida generosidade será eternamente "fashion" e quem estiver como Narciso focado no próprio umbigo não sabe o que está perdendo!
Para você, que sabe ser chique no pleno significado (nada fútil) da palavra, um Natal muito feliz e iluminado pelo amor. Bjs.
19/12/2011

Mayla comentou:

Amei esse post sobre o natal..... Vou voltar a gostar do natal tb..... Eh um exercicio para o futuro.. Voltar a ter a casa cheia e a arvore cheia de presentes....sera um novo ciclo....
Lov u
19/12/2011

JP comentou:

Que bom ! É isto mesmo. Olhar para trás só se for para lembrar das coisas boas. Lembrar de coisas ruins, pra que ? Envelhece ! É fácil ser feliz, é uma questão de atitude. Adorei o post.
Bjs.
19/12/2011

Nivea Coelho comentou:

Amiga linda e querida,por isso e muito mais que vc possue é que te amo.Te amo por vc ser e deixar que a gente tb seja.........pela possibilidade de se dar e nem esperar nada em troca, por saber só de olhar qdo a gente "tá meio que"......................, por ouvir, sentir e abraçar,por sorrir qdo a gente fala as vezes até aqueles papos meio sem graça,por ser vc, única e bela.Que seu Natal seja "seu Natal" com seus amados,muitos abraços,sorrisos,e por que não lágrimas de sentimentos e recordações, sem sofrimento apenas as lembranças que nos falam de perto.Te desejo amiga, o melhor que a vida possa dar,te desejo um sentimento de amizade verdadeira e um carinho sem limites,te desejo a vida e o amor porque te gosto de montão.bjinhos
19/12/2011

Gisele de Carvalho comentou:

Querida, é isso,uma árvore de natal nos remete a muitas lembranças, e com o tempo passamos mesmo a odiar o natal. Na verdade tudo que ele já representou, a infância, a familia,e naturalmente vamos perdendo parte disso, ao longo da vida, então,vamos reiventando os motivos para a celebração.Que na verdade não são poucos.O passado nos trouxe até aqui,se temos que seguir que seja da melhor forma,aquela que escolhermos. Minha arvóre o Pedro já montou, esse natal vamos comemorar a chegada de meu primeiro sobrinho. E assim seguimos,numa celebração singela com a família pedindo sempre a Deus- "Nos livre de todo o mal"...Sempre acreditei que estamos aqui para um aprendizado maior, difícil, mas não impossível ! Eu falo pouco, escrevo bastante, penso mais ainda...viajo! Mas no começo qdo. a chamei de querida, vc sabe que realmente poucas pessoas me são queridas,é assim que sou, mas sou com muita intensidade,nunca odiei ng, porque é muita energia desprendida para quem nada significada na minha vida! Adoro ou ignoro, e nunca estive aí para a torcida do contra, rs.E o que te desejo é que o Universo sempre conspire ao seu favor, te livre de todo o mal,continue seu caminho que já foi traçado, o que é seu virá, na hora certa, o que pode não ser na hora em que vc quiser, mas virá, isso ninguém pode mudar! Aproveite sua noite,a meia noite do dia 31, apenas respire fundo, e abra seu coração para todas as bençãos que o universo te reserva, o mais..é nada...! Com todo meu carinho. bjssssssssss.
19/12/2011

Roberta comentou:

Que lindo texto! Mudar é para os grandes (e corajosos)! Parabéns pela atitude! Maravilhoso Natal para você! Beijos, Roberta.
19/12/2011

Valter Nunes Corrêa comentou:

Uma das minhas coisas eu repartiria de bom grado a qualquer pessoa; seriam minhas sensações sobre o Natal. Mas isso é tão íntimo que eu sei que não posso descrever. Como íntimas são as dores de cada um.
Por muito anos achei que a responsabilidade por essa felicidade vinha de meus pais - pai e mãe. Neste ano, descobri que a tradição vinha de minha mãe. Que era ela quem agia nos bastidores, secretamente intervindo nas decisões de meu pai, sem nunca reivindicar o seu papel frente às fantasias que povoaram minha infância.
Aí, me vem um trecho do teu texto: "... principalmente porque ninguém precisa saber disto".
Nós homens somos sim um pouco cegos, alguns mais que outros, mas por algum milagre divino, nascemos de vocês... todos os dias de nossas vidas, e para isso, não é preciso que tenhamos olhos: a sensação da luz, é intuitiva.
05/01/2012

Sueli Maunsell comentou:

Adorei, estava precisando dessas palavras, vou tentar mudar o meu Natal também, e quem sabe não passar mais a noite do Ano Novo sozinha!! Agradecida!!!
07/12/2015

Escreva seu comentário
menor | maior

busy

Os mais lidos

  • Mulheres impactantes
    Final de semana passado fui a São Paulo e assisti o espetáculo Evita. Na volta parei para um ca...
  • Viciada em lingerie
    Sou viciada em lingerie. Escolher a lingerie, faz tão parte de meu dia como faz parte tomar t...
  • Top 10 Portugal
       Top 10 Portugal Como prometido um resumo dos lugares mais bacanas da minha passagem ...
  • Avental sujo de ovo
    Quando penso em minha mãe, me vem a letra da música, que as freiras do Colégio São José onde...
  • Á margem de nós
    Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e ...
  • Unhas, desisto, ser loira não desisto nunca!
    Voces lembram que eu coloquei unhas postiças? Pois é, fiquei exatamente uma semana com elas. ...
  • Look da balada
    O friozinho deu uma trégua, e a noite de ontém na Fatto, casa bárbara, idealizada com esmero p...

Últimos comentários

Você está aqui: Comportamento Então, foi assim...