Sem rodeios

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

Olá..

Nosso Brasil anda com seu verde/amarelo meio desbotado, e é  impossível ficar imune a tanta comoção, tantas imagens impactantes, e tantas verdades escancaradas.

Somos testados a cada instante e abster-se deste processo seria egoísta demais, pois fazemos parte desta história; somos o POVO, não a MASSA burra de vaquinhas de presépio que votou neste mesmo governo que agora quer derrubar.

Teremos que olhar para fora, um pouco mais além da nossa esquina, antes que o bonde passe.

Semana passada me deixei levar pela emoção e passei horas hipnotizada, lendo tudo o que foi possível sobre o que de fato está acontecendo em nosso país. Eu andei ficando de fora, desde que, um dia, dentro de um tribunal, fui expulsa porque não me dirigi a um Juíz Cível, como deveria, ou seja o solene Vossa Excêlencia. Inflamada na defesa do meu cliente, nem lembro como chamei o tal V. Exa, só sei que fui "colocada" no meu devido lugar de simples "doutora", (aliás título totalmente equivocado porque não sou médica) e a partir deste episódio aos poucos a "falência", lentidão e arrogância da máquina judiciária e dos outros "Poderes", me fizeram abandonar o Direito, até não advogar mais, pois meu sangue italiano não me permitiu virar casaca, ser corrupta, acusar inocentes, ou usar o nosso famoso "jeitinho" para obter vantagem sobre qualquer coisa.

Na mesma época, vi meu marido ficar 36 horas dentro de uma fábrica em São Bernardo do Campo, sem poder sair, porque na porta estava um sindicalista analfabeto fazendo comício para sua corja, enquanto os que estavam querendo trabalhar para sustentar suas familias rezavam para não perderem o emprego. Este sindicalista foi eleito Presidente deste país e a partir daqui a historia se conta sózinha.

Somos a minoria, mas podemos não ser. E para que realmente possamos mudar o rumo desta prosa, é preciso ter opiniões claras e pautadas em fatos, e não nas boatarias das redes sociais ou nos discursos manipuladores de massas burras.

Isto eu chamei lá no começo de ir além da sua esquina. Se vestir de politicamente correto e ir nas manifestações é lindo e emociona é verdade. Mas só fazer genero não muda nada. Então vamos aproveitar o momento para aprender tudo sobre o porque te emociona ver o povo se organizando, preparando uma onda que na hora certa irá invadir tudo. Leia, preste atenção em gente séria, vasculhe os jornais, escute com cuidado, forme uma opinião correta e clara e quando tiver certeza espalhe por aí.

A partir disto, sua bandeira será legítima e voce poderá  sim fazer a diferença.

Boa sorte para nós!

 

 

comentários (7)add comment

Lucas comentou:

Clara e direta. A onda que vem do mar, somo responsaveis por ela. Querer não é poder precisamso saber!
abraço
24/06/2013

Rogerio comentou:

Fatima, seremos a maioria em breve, mesmo que a minoria não tenha votado neste governo, poderemos fazer diferente. Mas voce deixou claro o que é tambem minha opinião. Aprender par depois formar e aí sim seremos fortes para mudar.
Bravo
24/06/2013

Angela comentou:

Não concordo, acho que já somos a maoria senão as ruas não estariam gritando. Mas voce esta certa quando diz que precisamos saber nas mãos de quem vamos colocar o poder daqui pra frente.
Boa reflexão para todos!
boa sorte mesmo para nós!
24/06/2013

Juliana comentou:

A emoção é caracteristica nata do povo brasileiro que coloca o coração em primeiro lugar. A juventude tem o poder de trasnformar e com isto cria um onda positiva. Mas devemos estar atentos a manipulação dos que detem o poder e neste caso vai mto alem da presidentA. Enfim um processo com certeza longo mas que dará frutos para que nossos netos colham, assim espero.
beijo Fatima
24/06/2013

Juliana comentou:

Estava me perguntando hoje, como estão sendo espalhadas estórias sobre tudo e mais um pouco, ate sobre a tal Suzane que matou os pais ja estão falando que além de pastora se tornou aliada de Feliciano.... ???? De onde vem tudo isso? Pra que isso?? Seria um jeito de fazer com que as pessoas se percam diante de um monte de informação?? Ou só mais um babaca que nao tem o que fazer???
Bjao
25/06/2013

JP comentou:

Concordo !!! Porem este caleidoscopio tem milhares de faces. A Historia foi contruida com base em lideranças e exemplos claros. Com bons discursos elegemos tanto um Gandi quanto um Lula. Esta energia positiva é fantastica pois paramos para pensar. Se estamos nas ruas, oberrvamos em volta e vemos coisas que gostamos e coisas que não gostamos, na TV idem, nos jornais a mesma coisa. Informação é poder ! Precisamos de bons exemplos e de bons lideres. Partir da premissa de que a "tia" vai fazer o certo porque esta acuada é simplista demais. Imaginem quantos "oportunistas" estao reunidos neste momento tentando encontrar uma "frase", um "mote" para colocar na rua e reverberar na multidão. Quantos exemplos a historia nos delegou? O processo de mudanças passa necessariamente por mexer no vespeiro, de mudar aquilo que as vezes nos agrada, alguma regalia, e por ai vai. Será que estao preparados para abrir mão do privado para atender ao coletivo? Acredito que não. Em 79, em SBC vi um cara barbudo por mais de um mês subir em carrocerias de caminhões gritando com a massa palavras "bacanas" e os babacas levantavam as duas mãos para mostrar que concordavam com aquilo. Por que duas mãos? porque se o seu colega do lado não aprovasse daria a impressão de que aprovou por ele. Pancadaria, cavalaria, depredações, e a massa aplaudia. Havia liderança porem "maquiavelica". E deu no que deu. Tomaram o poder na base do "oba oba". Diretas já e elegemos um Collor caçador de marajas. Lembram disto? Diretas já e elegemos indiretamente um Sarney. Quando colocaram um cara serio de "topete" foi ridicularizado porque feria algumas regalias. Entrou outro cara serio que implantou o Plano Real e a plebe rude gritava "Fora FHC".No meu modesto ponto de vista porque sei que sou minoria, acredito nas mudanças, acredito que temos muito o que fazer, acredito que precisamos de lideres, acredito que precisamos de bandeiras claras que possam resolver problemas cronicos e não o que nos agrada. Como estou num espaço feminino não posso deixar de dizer que poderiamos ter mais lideres mulheres pois nestes temas me parece que as mulheres são menos oportunistas que nós homens.
25/06/2013

Telma comentou:

"O processo de mudanças passa necessariamente por mexer no vespeiro" JP
Esse para mim é o ponto. Já ouvi muita coisa sobre o movimento ser difuso, não ter uma bandeira clara bla bla bla...
Não sei se nesse momento isso é o fundamental. Estava pasma com a paralisia, a ausência total de reação com que assistíamos aos desmandos, roubos, afrontas de toda ordem à ética e ao respeito pelo ser humano!
O despertador tocou!!!! Milhares de pessoas em todo o país e fora dele acordaram e foram às ruas! Estamos mexendo no vespeiro!!! Emocionei-me é claro; meus sonhos e esperanças reascenderam. A "tia" não vai fazer o certo, mas certamente foi tirada da zona de conforto do "seu" plano de poder. A agenda das ruas? Ora!
25/06/2013

Escreva seu comentário
menor | maior

busy

Os mais lidos

  • Mulheres impactantes
    Final de semana passado fui a São Paulo e assisti o espetáculo Evita. Na volta parei para um ca...
  • Viciada em lingerie
    Sou viciada em lingerie. Escolher a lingerie, faz tão parte de meu dia como faz parte tomar t...
  • Top 10 Portugal
       Top 10 Portugal Como prometido um resumo dos lugares mais bacanas da minha passagem ...
  • Avental sujo de ovo
    Quando penso em minha mãe, me vem a letra da música, que as freiras do Colégio São José onde...
  • Á margem de nós
    Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e ...
  • Unhas, desisto, ser loira não desisto nunca!
    Voces lembram que eu coloquei unhas postiças? Pois é, fiquei exatamente uma semana com elas. ...
  • Look da balada
    O friozinho deu uma trégua, e a noite de ontém na Fatto, casa bárbara, idealizada com esmero p...

Últimos comentários

Você está aqui: Comportamento Sem rodeios